[Fim] Mudamos de endereço!

Encontre em: • 25/07/16 • Opine!

 Oi gente linda, tudo bem?

Venho aqui dizer que mudei de endereço… Mas que as postagens estão em andamento e você vai gostar, tenho certeza disso.

Então, clica aqui. Você vai ser direcionado para lá rapidinho, e não se esqueça de se inscrever novamente. =)

Esse blog vai ser desativado posteriormente, quando exatamente, não sei. Provavelmente no final do ano, porque existe o vencimento do domínio e algumas outras coisas.

Não fique chateado nem nada, o conteúdo continua o mesmo e até melhor. Por isso tive que mudar um pouquinho, precisava de um canto novo e de um ar novo.

Acesse o novo blog e se divirta.


Beijos e nos vemos por lá!


O texto hoje está com "De Pronto" porque resolvi escrevê-lo de última hora antes de ir para o acampamento de Páscoa!!! Então vamos falar sobre a Páscoa aqui? Vamos sim, só um pouco também.

No ano passado fiz um post bem mais completo que esse que está lendo agora, então acesse esse link que vai ser direcionado pra ele caso queira saber mais.

Na Páscoa celebramos a Ressurreição de Cristo, então vou transcrever um trecho muito legal da amada Bíblia e falar um pouquinho dele depois.
Depois do sábado, tendo começado o primeiro dia da semana, Maria Madalena e a outra Maria foram ver o sepulcro. E eis que sobreveio um grande terremoto, pois um anjo do Senhor desceu do céu e, chegando ao sepulcro, rolou a pedra da entrada e assentou-se sobre ela.
Sua aparência era como um relâmpago, e suas vestes eram brancas como a neve. Os guardas tremeram de medo e ficaram como mortos.
O anjo disse às mulheres: "Não tenham medo! Sei que vocês estão procurando Jesus, que foi crucificado. Ele não está aqui; ressuscitou, como tinha dito. Venham ver o lugar onde ele jazia. Vão depressa e digam aos discípulos dele: 'Ele ressuscitou dentre os mortos e está indo adiante de vocês para a Galileia. Lá vocês o verão'. Notem que eu já os avisei".
As mulheres saíram depressa do sepulcro, amedrontadas e cheias de alegria, e foram correndo anunciá-lo aos discípulos de Jesus.
Mateus 28:1-8, Bíblia Sagrada, versão NVI
Esse é o texto que mostra o primeiro momento que a humanidade soube que Jesus vivia e estava andando novamente entre nós. E o legal é que: as mulheres foram as primeiras a serem informadas.

Ih, olha só, já vem com o discurso feminista! Gente, calma, não é assim, não sou feminista a esse ponto.

O que quero dizer é o seguinte: você sabe qual a situação da mulher na época que Jesus viveu? Você sabe o que acontecia com ela se não tivesse um marido ou filho para cuidar dela? Se o seu irmão fosse casado e chegasse a falecer e você, solteiro, não assumisse o lugar dele com a viúva em casamento, você sabe o que seria dela? Seria marginalizada.

Jesus se importava, e Ele andava com todas as pessoas marginalizadas daquela época, todas mesmo. E que nós sejamos como Ele. =)

E é nesse ponto que eu queria chegar, e é nesse ponto que eu me despeço de você.

Que nós celebremos a Ressurreição de Cristo, e que nós façamos o bem para toda a sociedade. É claro que dá pra tirar muuuita coisa desse trecho incrível, mas sabe, eu sou apenas uma estudante, pecadora e que busca aprender bastante.

Que seja uma ótima Páscoa pra você!!!

Küsse,









Título: Você (não) é o homem da minha vida
Autora: Alexandra Potter
Editora: Record

Compare e Compre
Skoob






Acabei de ler um e-book muito divertido e interessante. Um romance com alguns detalhes tão diferentes mas comuns. Bem, comuns para algumas seletas pessoas... Eu acho.

Lucy é uma artista que, ao viajar para um curso em Veneza conhece Nathaniel. E eles se apaixonam! São bem novos: ela tinha 19 anos e ele 20. Quando estavam perto de ir pra casa, e sendo de países diferentes, não querem se separar. Então um senhor misterioso conta pra eles da lenda da Ponte dos Suspiros, a lenda que diz que se eles se beijarem ao por do sol, ao som dos sinos, e debaixo da ponte, ficarão juntos para sempre. Eles fazem todo o ritual... Mas não foi assim, pra sempre.

10 anos depois Lucy muda-se para Los Angeles e não fala com Nate há 9 anos. E as coisas mudaram. Agora ela trabalha em uma galeria, está se mudando da casa da irmã super-organizada para o apartamento de Robyn, uma acupunturista com muitos sonhos e dons, e está trabalha em uma galeria.

Num dia qualquer ela reencontra Nate, mas não de forma comum, mas como se o universo os tivesse unido. Só que ele mudou muito, e percebem, depois de um tempinho de "namoro", que aquilo não estava certo. Só que existe algo que não quer que os dois fiquem separados. E é então que a jornada para acabar com tudo começa, porque estão realmente cansados de se encontrarem em todos os lugares mais impossíveis possíveis (sim, está escrito corretamente, hahaha).

Não tenho que dizer que me diverti horrores com todas as situações criadas no e-book. Me apaixonei, gostei tanto dos personagens como também fiquei totalmente entediada com as atitudes de alguns deles.

Os diálogos de Lucy com ela mesma são outra coisa. Aquela vozinha interior incomodando em todos os momentos, tentando trazê-la à razão, ou querendo dizer o que ela não queria de maneira nenhuma. São fatos hilariantes e não tem como não se identificar com algumas situações... Por mais estranhas que sejam.

Ri muito, me entediei com vontade de lar uns tapas no Nate, assim como chacoalhar o Adam (ah, o Adam...). Vai acabar que vou contar coisas demais aqui... E sem querer inclusive. Mas vou me conter, vou sim.

Não tem como as coisas serem mais estranhas e mais intensas nessa história toda. E é por isso que eu indico a leitura. Esse e-book estava perdido em algum lugar do Kindle e, por coincidência, cliquei e comecei a ler (ou foi coisa do universo?!).

Indico a leitura hein.
Esse texto faz parte da série As Mulheres na Literatura. =)
Küsse,